Sinta-se beijado(a)

A língua é o único músculo que diz a que veio. Eu falo o que penso, eu conto o que vejo, eu compartilho o que gosto, eu exponho meu modo eu me mostro. É um espaço meu, seu, é universal assim como o Beijo! Fique a vontade e divirta-se!

5 de set de 2011

Pra você, com saudade!

Tem sete dias que uma notícia vinda pelo telefone abalou o meu mundo, foi uma dor instantânea sem tamanho e sem fim. Quando estaremos preparados pra morte? Eu mesma, nunca, tenho medo do finito. Minha mãe ligou logo depois meu pai, e veio a trágica notícia de que meu primo, amigo e vizinho não fazia mais parte desse mundo terreno, ele escolheu partir. Chorei por horas e quando não tinha mais lágrimas eu paralisei. E continuo assim com o pensamento vago, e em alguns momentos o choro vem e eu deixo fluir. O luto tem que ser vivido, todas as dores tem que ser vividas porque senão elas nunca vão parar de doer. Então eu vivo bem, inclusive as minhas dores.

A vida inteira eu vou me questionar, o porquê? O que era tão difícil que o fez partir assim meu querido? Perdoe-me por querer saber algo tão particular, mas eu sou uma das dezenas de pessoas que te ama e não consegue entender sua partida tão prematura. “E se a dor é de saudade, e a saudade é de matar”. Eu queria tanto que você soubesse que lugar enorme tens em meu coração, minhas lembranças de crescer, brincar, correr só existem com você do lado e isso nunca vai mudar. Mas o vazio que sinto agora de não poder construir novas imagens é devastador.

Você era meu companheiro de todas as horas, inventávamos tantos mundos pra se divertir, queria inventar um agora onde você ainda estivesse aqui e não quisesse ir embora assim. Ei Ili volta, aqui todos sentem a sua falta, seu lugar é aqui rapaz. Nesse plano parece que a gente não vai se encontrar mais né? Mas eu tô rezando muito com toda minha fé e meu amor, pra que você tenha paz, que fique bem “e qualquer dia amigo a gente vai se encontrar”.
Com você eu fui sempre uma criança feliz, me sentia segura, éramos uma dupla infalível, nós dois contra os inimigos que as nossas aventuras traziam, quantas brincadeiras, quantas descobertas, caramba eu aprendi a andar de bicicleta com você. Obrigada por lembranças tão lindas meu querido e por ter sido por anos minha melhor metade. Te amo primo!

Hoje meu coração tá triste, tristinho, igual a música, por essa postagem ser sobre sua partida.

*Dedico a minha família, em especial ao lado Tinôco, tia Norma, tio Illimani, Mayra e Laura! FORÇA E FÉ!!!

*Rezemos muito pra que ele fique bem!
--
Postagem antiga, no começo do blog falando sobre minha infância e vale adicionar a esse texto, porque minha infância sem o Ili não sobrava muita coisa: http://beijodelingua.blogspot.com/2008/10/minha-infncia-parte-1.html

*Fui!

2 comentários:

Luciana Ponce disse...

se ele quis voar, é porque tem asas! Força aí. beijo

Maldito disse...

Fiquei sabendo do caso, mas eu não sabia do seu parentesco!
Espero que tudo fique bem,...
Bjs