Sinta-se beijado(a)

A língua é o único músculo que diz a que veio. Eu falo o que penso, eu conto o que vejo, eu compartilho o que gosto, eu exponho meu modo eu me mostro. É um espaço meu, seu, é universal assim como o Beijo! Fique a vontade e divirta-se!

21 de ago de 2008

Mulher sem razão


Mulher Sem Razão - Cazuza

Composição: Cazuza / Dé / Bebel Gilberto

Saia desta vida de migalhas
Desses homens que te tratam
Como um vento que passou

Caia na realidade, fada
Olha bem na minha cara
Me confessa que gostou
Do meu papo bom
Do meu jeito são
Do meu sarro, do meu som
Dos meus toques pra você mudar

Mulher sem razão
Ouve o teu homem
Ouve o teu coração
No final da tarde
Ouve aquela canção
Que não toca no rádio

Pára de fingir que não repara
Nas verdades que eu te falo
Dá um pouco de atenção

Parta, pegue um avião, reparta
Sonhar só não tá com nada
É uma festa na prisão

Nosso tempo é bom
Temos de montão
Deixa eu te levar então
Pra onde eu sei que a gente vai brilhar

Mulher sem razão
Ouve o teu homem
Ouve o teu coração
Batendo travado
Por ninguém e por nada
Na escuridão do quarto
Na escuridão do quarto


*Tem algum noveleiro aí? Essa música faz parte da trilha sonora de A Favorita, na voz de Adriana Calcanhoto. Um bem aos ouvidos! E que letra forte, bem colocada, tão atual. Da-lhe Cazuza, até hoje fazendo a gente vibrar e viver a emoção de uma canção.

*As vezes me sinto como a mulher sem razão de Cazuza, tratada como vento que passou, ou então querendo convencer alguém de que meu papo é bom, vivo sonhando sozinha e como diz a canção: sonhar só não dá em nada. Eita coração que bate travado na escuridão do quarto.

---

-Dia cinza com muito colorido no final, visita do candidato mais cheio de cor que as eleições de Rio Branco já presenciaram. Gravações e emoções, se Deus quiser ainda jogo meu futsal hoje. :)

Aos ilustres visitantes um beijo no coração!

2 comentários:

Debora Gurgel disse...

beijo merrrmo!!!!
tá lindo teu blog amiga
parabéns

MASA disse...

é porque tu num me escuta...mas tu sabe que sou eu cantando essa merda pra ti, né, galinha ducarái???