Sinta-se beijado(a)

A língua é o único músculo que diz a que veio. Eu falo o que penso, eu conto o que vejo, eu compartilho o que gosto, eu exponho meu modo eu me mostro. É um espaço meu, seu, é universal assim como o Beijo! Fique a vontade e divirta-se!

4 de fev de 2009

Palavra: saudade!

"A saudade não tem nada de trivial. Interfere em nossa vida de um modo às vezes sereno, às vezes não. É um sentimento bem-vindo, pois confirma o valor de quem é ou foi importante para nós, e é ao mesmo tempo um sentimento incômodo, porque acusa a ausência, e os ausentes sempre nos doem."

Trecho da crônica 'Matando a saudade em sonho', de Martha Medeiros no livro Doidas & Santas.


Nunca vi o ausente ser tão presente, bendita e maldita saudade. Saudade de momentos, dias, cheiros e palavras. Saudade de quem foi embora e de quem partiu pra outro plano. Saudade até mesmo daquele amigo que continua na mesma cidade mas que o tempo tem deixado virar: saudade.
Eu nunca fui de viver pela metade e nem vivi e vivo poucas coisas, tudo pra mim é de uma intensidade tremenda. Intensidade meu nome, por trás desse Bártholo!
Por isso tanta saudade...
E a saudade incomoda, sim, claro, saudade é uma peste que faz a gente querer ligar e quebrar o protocolo. Faz a gente enviar aquele torpedo no celular depois de se embriagar, saudade faz a gente perder a linha, perder a lucidez e partir pro tudo ou nada outra vez.
Que palavra é essa de um significado tão português, tão nosso. Uma palavra que tem um significado e tantas ramificações.

Tenho um amigo australiano, Benj e nas nossas correspondências eu falo muito da saudade. Ele adora a palavra, e retruca: uma palavra pra tanto sentimento.
Hoje em cada e-mail que ele manda no final tem: SAUDADE.

Saudade que mantém os corações pulsantes.

Ora saudade é saudade!

Homem é homem
Menino é menino
e Veado é veado!

hahaha :)

***BEIJOS a todos os visitantes, amigos e blogueiros e pra todos um feliz FEVEREIRO!!!

14 comentários:

Maldito disse...

nem me fale em saudade,...completei 1 ano longe de casa,....
bjs

Dani disse...

Olá menina! Qto tempo! Como anda? Espero q bem! Blog bombando, hein!?! Sucesso sempre! Saudades de vc! Qdo dá o ar da graça pelo nosso RJ? Aqui tudo anda lindo como sempre! :) Mtos bjos,
Dani. :)

T disse...

Somes demais guria! BEIJEI Ó :*

Anônimo disse...

Saudades...
Ma.

Juliana disse...

Saudade é um sentimentos misto né?
Bom se pode ser suprido, e ruim quando não tem mais cura!
ENtão, Você é do acre???
Meu Deus, eu sempre quis conhecer alguém do acre! Você fez algum post falando do lugar aonde vc mora? tenho muita curiosidade de saber como é!

Thiago de Paula disse...

Minina tu teve foi sorte...
eu não tinha visto teu comentário ainda, e nem ia ver, eu não costumo olhar os posts antigos, mas to aqui, meia noite, cansado, vendo filme, nd pra fazer, no pc, resolvi dá uma olhada, te achei... =)
vou dizer sim pra ela lhe mandar noticias, cmg tá tudo bem, trabalhando, abrindo umas portinhas (ou porteiras não sei) pro futuro e... caminhando. Enfim, seu recado será dado, e chegaram noticias dela por ela nos seus olhos...
e vamos nos monitorar "Blogmente" =)
xeeru

Thiago de Paula disse...

Minina tu teve foi sorte...
eu não tinha visto teu comentário ainda, e nem ia ver, eu não costumo olhar os posts antigos, mas to aqui, meia noite, cansado, vendo filme, nd pra fazer, no pc, resolvi dá uma olhada, te achei... =)
vou dizer sim pra ela lhe mandar noticias, cmg tá tudo bem, trabalhando, abrindo umas portinhas (ou porteiras não sei) pro futuro e... caminhando. Enfim, seu recado será dado, e chegaram noticias dela por ela nos seus olhos...
e vamos nos monitorar "Blogmente" =)
xeeru

Maldonado disse...

Dizem que a saudade é um sentimento tipicamente português. o qual, certamente deve estar também presente na cultura brasileira.
É um sentimento que nos persegue quando recordamos o melhor da vida. A vida deve ser vivida em momentos e não em minutos, parafraseando a mensagem do filme O estranho caso de Benjamin Button...

Lorhaynna Araújo disse...

Saudade (Ana Carolina)

Sozinho na madrugada
Escuto na vitrola o chão de estrelas
Olhando na vidraça aquela chuva
E minha alma esquecida escuta o céu de pedras
Sozinho na madrugada
Não tenho relógio no meu pulso
Saudade de nada
O instrumento é o violão
Desejava tocar as cordas do teu coração

Sozinho na madrugada
O amor e a chuva são como agulha e linha
Quase uma coisa só
E minh'alma se costura na sutura da solidão
Da chuva, do violão
Da linha, do relógio
E as estrelas lá do chão
Não sei a que horas giram na vitrola
Saudade de nada
Ainda é madrugada


Sabe como é né...musicas que falam por mim!ainda bem que elas existem.

Um beijo e me liga***

lpzinho disse...

Falando em saudade, adivinha pq eu estou aqui hj ein mocinha linda???

Pois é.....




S A U D A D E!




Sou um pequeno blogueiro desnaturado q não tem conseguido manter relações com pessoas tão especiais como vc né?
Enfim, mas hj to aqui... mea culpa e saudade!
^^ Gostei do post!!! Ando apaixonado por alguém não tenho saudades concretas, apenas saudades de coisas ainda não vividas! Saudade de cheiros, olhares, abraços e beijos... saudade da saudade...

Enfim... te quero bem, viu Claudinha? Mega beijo com gloss e mto cheiro de all star no ar!

Aleta Dreves disse...

só se tem saudade do que se gosta ... beijos

Sergio Brandão disse...

Depois de tudo que li aqui, nem sei mais o que dizer sobre a "saudade"... Só sei que quando dá pra doer, nem morfina alivia... Bjs.

MASA disse...

PARTEM TÃO TRISTES OS TRISTES
TÃO FORA DE ESPERAR BEM
QUE NUNCA TÃO TRISTES VISTES
OUTROS NENHUM, POR NINGUÉM
TÃO DOENTE
TÃO SAUDOSOS
TÃO CHOROSOS DA PARTIDA
DA MORTE MAIS DESEJOSOS
CEM MIL VEZES QUE DA VIDA

Cancioneiro de Lisboa, Séc. XIII

Melhor poema de saudade que já vi até hoje.

TE AMO
SAUDADE DE TU, CARA DE CU!

lpzinho disse...

Hoje passando por aqui pra dizer que TO COM SAUDADE!

Bjooos menina perfeita e linda demais! =)