Sinta-se beijado(a)

A língua é o único músculo que diz a que veio. Eu falo o que penso, eu conto o que vejo, eu compartilho o que gosto, eu exponho meu modo eu me mostro. É um espaço meu, seu, é universal assim como o Beijo! Fique a vontade e divirta-se!

23 de fev de 2012

Vamos ajudar???

Hoje escrevo no blog para prestar minha solidariedade ao povo da minha terra, ao ACRE, aos acreanos, a todos que lá vivem e fizeram daquele lugar sua cidade pra viver. No momento eu acreana de nascença e vivência, estou passando um tempo fora do Acre, mais especificamente fora de Rio Branco, capital do Estado e minha cidade, mas nem por isso vou ignorar tudo o que está acontecendo, isso também me afeta, por isso hoje o blog e só solidariedade ao meu amado Estado.
Nesse momento o meu povo vem sofrendo uma das maiores enchentes da história, até aqui é a 2ª maior, mas pra ultrapassar essa marca falta muito pouco e agora as orações são direcionadas a permanecermos em 2º, pois em 1º o desastre continuará desolando famílias e histórias.
Nunca vivi isso, nunca nenhum parente ou conhecido meu havia passado por isso, agora tudo o que vejo por aí nas redes sociais são imagens da enchente, familiares saindo de suas casas, amigos amontoando os móveis em cima de mesas e tijolos pra não perdê-los de vez, uma verdadeira cena marrom, aonde o rio Acre vem devorando tudo pela frente. Em muitos bairros não existem mais ruas, são apenas telhados e água por todos os lados, há bairros inteiros debaixo d’água e famílias que estão perdendo tudo.
E o rio Acre continua subindo, o mais maluco é que na seca esse rio chega quase a sumir, desaparecer do mapa, agora tá assim tirando tudo de todos, é a natureza mostrando seu poder e a gente só tem é que rezar e botar a mão na massa pra ajudar quem precisa. Eu não posso fazer nada diretamente, mas estou usando meu blog pra falar um pouco e tentar divulgar para o máximo de pessoas possível.
E não é só o município de Rio Branco, são vários outros também, a cidade de Brasiléia por exemplo está com 95% de sua área alagada, é muita coisa e muita gente precisando de ajuda.

Os números oficiais da enchente em Rio Branco e no Estado do Acre são:
- Em Rio Branco
17,51 m - medição das 15h 23/02/12
5.464 pessoas alojadas em abrigos mantidos pelo poder público (1.429 famílias)
57.264 pessoas atingidas pela água
14.300 imóveis atingidos

- Outros municípios atingidos pela enchente, famílias em abrigos públicos número aproximado de pessoas:
Assis Brasil - 540
Xapuri - 487
Porto Acre - Pouco mais de 1 mil
Santa Rosa - 1.240 (mais 7 aldeias)
Sena Madureira - 900
Brasiléia - 880
Epitaciolândia - 1.200

A seguir imagens da enchente pelo Acre:






*Busquei informações e fotos nos sites do Governo e sites de notícias do Acre, minha intenção aqui é só uma; divulgar pro mundo inteiro esse problema vivido pelo meu Estado e pedir ajuda.
A superintendência do Banco do Brasil no Acre, em parceria com o Governo do Estado e a Prefeitura Municipal de Rio Branco, abriu uma conta corrente para receber depósitos à campanha Acre Solidário, que beneficiará os desabrigados pelas alagações em todo o estado. O CNPJ usado pelo Banco é da Diocese de Rio Branco. O dinheiro arrecadado será administrado pelo Fórum Tático Operacional da Superintendência do Banco do Brasil, em parceria com a Defesa Civil.

***Você visitante desse espaço qualquer ajuda, 1, 5, 10, 20, 100 será muito bem-vinda abaixo todos os dados da conta SOS DESABRIGADOS:

Agência: 0071-X
Conta corrente: 100.000-4
CNPJ: 14.346.589/0001-99



Todas as notícias que tenho lido tem mostrado um povo solidário, um governo atuante e fazendo tudo que está ao alcance para ajudar, fica aqui o meu apoio 100% ao governador Tião Viana e ao prefeito de Rio Branco Raimundo Angelim, pessoas que tenho o prazer de conhecer pessoalmente e só desejo muita força que eles continuem lutando e ajudando nosso povo.





É com todo meu carinho e amor pelo povo da minha terra que eu desejo que tudo corra bem, que o rio comece logo a baixar e que as famílias desabrigadas consigam recuperar suas vidas novamente muito em breve. A gente quer voltar a ver beleza nesse rio:

Nenhum comentário: