Sinta-se beijado(a)

A língua é o único músculo que diz a que veio. Eu falo o que penso, eu conto o que vejo, eu compartilho o que gosto, eu exponho meu modo eu me mostro. É um espaço meu, seu, é universal assim como o Beijo! Fique a vontade e divirta-se!

6 de dez de 2010

É um caso de amor!

Desde que me entendo por alguém que gosta de música sempre tive gosto por batidas e hits dançantes, entre os CD’s que eu tinha na adolescência estavam nomes variados do POP e da Dance Music, lembra do Máquina Total? Meu cd favorito era do grupo GALA. “Come into my life” lembra? E meu 1º amor por um Dj, foi logo o FatBoy Slim. Pois é sempre gostei muito de sons pra sacudir e conforme fui crescendo isso evoluiu e hoje sou uma amante da música eletrônica.

http://www.youtube.com/watch?v=8bZgT6gd1Ko (Come Into My Life - Gala)

Eletro, House, Progressivo, Psy, Trance, Minimal, Tech House e tantos outros nomes mostram a música eletrônica hoje em dia que fica até difícil escolher um desses inúmeros gêneros. Gosto de muita coisa que tá rolando agora, mas fico com o Eletro e o Tech House e pra amanhecer os dias escolho o Progressivo.

http://www.youtube.com/watch?v=mxsJc4xGS58 (Speed Up - Funkerman Justin Timberlake)

Eu senti a música eletrônica de verdade quando me mudei pra Florianópolis em 2005 e passei a frequentar as famosas raves. Um novo mundo se abriu e desde então nada me encanta mais do que esse universo. Sabe aquela frase: só entende quem namora, pois é a E-music vamos chamar assim é uma coisa que só se entende quando se vivencia. A batida faz sentido, cada um dos elementos te dá um comando e depois de um tempo seu corpo dança sozinho. É um som feliz, por assim dizer, que traz alegria e que agrega pessoas. Quem gosta e compreende esse universo sabe do que eu tô falando, em uma rave, por exemplo, as pessoas querem uma única coisa: dançar.

http://www.youtube.com/watch?v=ZrWamoReWvo (Tomcraft - A placed called soul)

Não sou nenhuma expert no assunto, conheço pouca coisa visto que o mundo é grande pra caramba e sem falar que tem muito DJ fazendo som pelo planeta. Espero um dia fazer parte dessa tribo que produz, faz e acontece no cenário eletrônico. O que eu sei é que esse gênero se tornou meu favorito nos últimos anos porque eu aprendi a amar, a entender e a captar a verdadeira essência da música eletrônica. Acompanhando cada beat, cada evolução, cada letra (quando tem) e cada compasso. É o som que me arrepia, que me diverte, que me anima, que me faz chorar de felicidade, que me traz sempre uma ótima lembrança.

É um caso de amor!

http://www.youtube.com/watch?v=rgt7Q5a_npo
(Felguk - 2nite)

*Cada link desse é um eletrônico pra você curtir!

Um comentário:

Nêga!!! disse...

Passou minha época de raves semanais, mas guardo ótimos momentos guardados!! Deve ser mais que um amor...uma cachaça!! rsrs Boa definição de trajetória! bj