Sinta-se beijado(a)

A língua é o único músculo que diz a que veio. Eu falo o que penso, eu conto o que vejo, eu compartilho o que gosto, eu exponho meu modo eu me mostro. É um espaço meu, seu, é universal assim como o Beijo! Fique a vontade e divirta-se!

8 de dez de 2010

Descobrindo uma paixão!

Na adolescência eu era sempre a pessoa que levava Cd’s pra colocar nos micro systems e aparelhos de som na casa de amigos, nas festinhas de escola e sem querer meu gosto musical me transformou em DJ. Todo dinheiro que eu guardava era pra comprar Cd’s, na única loja que vendia em Rio Branco, a famosa Discardoso. Não tinha e não tem erro comigo, na hora de me presentear: CD. Ser uma menina precoce me ajudou um pouco, pois desde cedo frequentava baladinhas, casas noturnas e fui me tornando conhecida.

O ponto de partida foi numa festa que acontecia todas as quintas na boate BLT (extinta há um bom tempo), há uns 8 anos, era um misto de sons e bandas da cena alternativa da cidade e na época minhas amigas lindas e maravilhosas Mayra (minha cumadre), Jackie e Lídia comandavam a organização dessa noite e tiveram a idéia de levar pessoas com um certo gosto musical pra fazer um SET na noite. O Set consistia em sete músicas do gosto do convidado. Numa dessas abençoadas quintas eu fui a convidada, no auge dos meus 17 anos levei sete músicas pras pick-ups e minha vida ganhou mais uma paixão. O Dj residente da época era o Juca Lima que me deu todas as dicas de como usar aquela parafernália toda mas só muitos anos depois que fui realmente aprender a usar, pois exige muita percepção e isso se aprende com o tempo. Bom o fato é que depois daquela quinta passei a ser fixa nessa noite e a receber cada vez mais convites pra tocar em outros lugares. Nunca tinha sequer pensando nisso e de repente não pensava em outra coisa.

Das 7 músicas que escolhi praquela 1ª noite eu lembro de Tatu com “All the things you Said” e Cake com “Never There“. E a pista é minha desde então. Outro lugar que me deu destaque foi o famoso e inesquecível Bar da Malú, um ambiente fechado, pequeno que cabia umas 100 pessoas, com uma decoração rústica, fazia um calor do inferno, mas as melhores pessoas se reuniam lá. E a Malú, dona do bar é um amor. Fiz por muito tempo uma noite chamada “Identidade Plural” tocando de tudo (que é bom), cheguei a tocar duas vezes por semana só na Malú. Entre outros lugares e tantas outras festas.

Ganhei o título de 1ª mulher Acreana DJ pelo jornal O Rio Branco, matéria e foto de Ezí Melo (queridão, perdoe a memória) e tenho tantas matérias e notinhas de jornal que montei uma espécie de livro com tudo. Fui descoberta pelas festas particulares daí teve convite pra tocar em casamento, batizado, chá de panela, chá de bebê, churrascos, aniversários e tudo mais que puder se comemorar nessa vida, fiz muitas dessas o que sempre me rendeu um bom dinheiro, tinha que tocar um pouco de tudo e fugir do meu estilo, mas passou a ser trabalho sério e porque não um Axé por uns merréis? HÁ HÁ. Mas em boates, festas da galera, na cidade o meu estilo era imposto e fui moldando conforme o tempo e hoje me adapto a lugares respeitando o que gosto de ouvir e tocar. Agora se me botar numa festa eletrônica a festa tá garantida e eu super feliz.

Outro momento que posso destacar é quando comecei a fazer parte da turma que realizava e realiza balada eletrônica na cidade de Rio Branco. O núcleo Evolution, comandado pelo promoter Luisinho Meireles e pelos Dj’s Elenilton, Marcelino e Rodrigo. Meus amados e queridos amigos. Nesse grupo me descobri como uma Dj de música eletrônica e cada vez mais apaixonada por essa linha.
Desde que me mudei pra São Paulo só toquei duas vezes, ainda não é a hora de investir nessa área, mas a saudade que eu sinto é absurda, chega a doer, e há tanto pra mostrar. Uma das coisas que mais amo nessa vida é tocar, ver as pessoas dançando ao meu som, interagir com a galera, dançar junto, me divertir e fazer divertir. Cada vez mais eu sei que divertir o mundo é minha missão na terra.

*Pela saudade estou indo pra casa HOJE, pra quem ta em Rio Branco e já curte minhas performances estou indo pra terrinha hoje e vou tocar em alguns lugares com certeza, o que já ta mais que certo é a BALADA SKOL CIRCUS, confere o flyer e se joga nessa pra ver meu som novo.
*Aos amigos espero ver todos, abraçar cada um e ver todos na pista comigo, um grande beijo to chegando!

6 comentários:

Marisa Matos disse...

claudeteeee sempre abalando!
Se tem claudianha, então a festa vai ser baphão, haha!
Bejo até mais ver =D

MASA disse...

RÁITIPAPUTAKIUPARIL! TU NAS PICAPES E EU NA PISTA PARECE CASAMENTO QUE DÁ CERTO, COBERTURA DE CHOCOLATE NO SORVETE DE CREME, PIMENTA MALAGUETA NO KÊBI DE ARROZ, JAMBU NO TACACÁ, MINHA MÃO NA TUA BUNDA (OOOPS)...
TE AMO.
666

Maldito disse...

Vc merece muito mais dinha! Bjssss

Nêga!!! disse...

é....isso tá nas tuas veias!! :D

Laís A. Maroubo disse...

oiies.. achei seu blog, pelo limao com couve..

adorei.

To começando agr..
Espero q possas me visitar.

Seguindoo..

bjs

ARTE E VIDA disse...

Que os sinos do Natal sejam mensageiros de Boas Festas, e que o Ano Novo seja repleto de realizações. Feliz Natal e Próspero Ano Novo.