Sinta-se beijado(a)

A língua é o único músculo que diz a que veio. Eu falo o que penso, eu conto o que vejo, eu compartilho o que gosto, eu exponho meu modo eu me mostro. É um espaço meu, seu, é universal assim como o Beijo! Fique a vontade e divirta-se!

6 de jul de 2009

Socorro


Parei pra pensar nos dias que se passaram, exatamente a partir da última postagem e me dei conta que desde essa data eu PAREI. Estagnei, estanquei, freei, sim eu posso até dizer que endoidei pra rimar, mas a verdade é que eu PAREI. Como assim: parei de pensar, de dar atenção as coisas ao me redor, de me preocupar com as pessoas que estão mais próximas, parei de ter vontade, desejo...
PAREI mesmo. Desde o dia 25 eu segui no piloto automático, vim fazendo tudo que era obrigação, que fazia parte da agenda mas o "todo" a minha volta, amigos, amor, eu fui bloqueando, fui deixando pra lá, ignorando daqui e acolá.
Me isolei esses dias todos sem ao menos ter um motivo certo. Eu quis ficar só com minha consciência, com minha pulsação que estava num ritmo linear, PAREI e PASSEI a não sentir coisa alguma. VIREI uma pedra. SOCORRO eu gritei pedindo a alma penada de Cássia que viesse cantar comigo: “Socorro, não estou sentindo nada...”

Indiferente é a palavra pra definir meus dias de clausura!

Quando pude, fiquei na cama com o controle da TV na mão, e foi a única coisa que pude controlar, no mais minha cabeça, meu coração e meu corpo estavam em sintonia, mas uma sintonia que não é do meu normal, aliás passa longe. Mas estavam em harmonia, tocando uma música bem triste ou talvez alguma do saudoso Michael, porque eu PAREI no mesmo dia que o Michael Jackson também PAROU, fiquei em casa enfiada debaixo do edredom acompanhando tudo pela TV, e mesmo não sendo uma super fã, fiquei abalada, pela perda e pelo povo de luto. Eu tô levantando dessa fossa, é uma pena que ele não vai poder fazer o mesmo.

Parei pra esvaziar um pouco a mente, mas agora eu tô VOLTANDO tranquila (espero ehehe).


Socorro - Cássia Eller
Composição: Arnaldo Antunes/Alice Ruiz

Socorro, não estou sentindo nada
Nem medo, nem calor, nem fogo
Não vai dar mais pra chorar, nem pra rir
Socorro, alguma alma, mesmo que penada
Me entregue suas penas
Já não sinto amor, nem dor, já não sinto nada
Socorro, alguém me dê um coração
Que esse já não bate, nem apanha
Por favor, uma emoção pequena
Qualquer coisa
Qualquer coisa que se sinta
Em tantos sentimentos
Deve ter algum que sirva
Socorro, alguma rua que me dê sentido
Em qualquer cruzamento, acostamento, encruzilhada
Socorro, eu já não sinto nada, nada

*E aí JULHO, vamos arrasar?

8 comentários:

marcelo dalla disse...

Que bom querida! A gente tem dessas coisas mesmo, são ciclos. Inclusive a astrologia pode explicar. E depois a gente volta com carga total, não? Adorei seus comentários no meu blog. Ahhhhhhhhh tava pra te adicionar no msn... me aguarde! bjo

Dalana . disse...

Acho que as vezes é bom ter um tempo consigo mesmo, mas não podemos deixar isso virar rotina.
É bom parar e pensar em toda sua vida , erros ,acertos, passado, futuro.Pensar nisso tudo.Pensou já né! Então acho que chegou a hora de parar de pensar, não vida sua vida só pensando, ás vezes pensamos tanto que nos esquecemos de viver de agir!

beeijos :*

Pequena Pita disse...

auhshuA sou eu mesma..acompanho teu blog mulher ja faz um tempinho ó...
adoro tbm apesar da minha inspiração demorar um pouco p surgir e eu quase n postar huahusuhas :* bjos

Camila disse...

ameeeei seu blog.

interessantíssimo!
> seguindo!


beijinhuus*--*
pasa no meu depois? ok?

MASA disse...

LIGA ESSE MOTOR LOGO DE NOVO, PRIQUITO!
E VIVA DO DIA MUNDIAL DO ROCK!

You ain't nothin' but a hound dog
cryin' all the time.
You ain't nothin' but a hound dog
cryin' all the time.
Well, you ain't never caught a rabbit
and you ain't no friend of mine.

When they said you was high classed,
well, that was just a lie.
When they said you was high classed,
well, that was just a lie.
You ain't never caught a rabbit
and you ain't no friend of mine.

(ELVIS)

disse...

Claudiinha..
que saudade daqui..
O template tá liindo, e o post, tão sincero. Eu me identiquei mais do que eu gostaria /fato.
E não conhecia a música, mas já me encantei!

Beeeeijão
;**

Camila disse...

sempre passando por aqui..

blog show de bola!
te linkei no meu. passa lá e vê, ok? rs.

se puder seguir, se gostar, linke tbm, ok?

uma forcinha? hehe :)

isa lobo . disse...

adorei o post, mas natural impossível. Assim como a Má, eu me identifiquei, parece demais com o que eu tava vivendo ...
EU TÔ COM SAUDADE DO MICHAEL, VOLTA MICHAEL !

Beijos Claudinha :*